Sobre tempo e espaço

Mario Ramiro, Roberta Estrela D'Alva e Waldemar Zaidler

Em um apanhado histórico das mudanças pelas quais a arte urbana passou dos anos 1970 para cá, Roberta Estrela D’Alva (atriz e pesquisadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos), Mario Ramiro (integrante do Coletivo 3Nós3) e Waldemar Zaidler (grafiteiro com forte atuação no período da ditadura) refletem sobre um momento em que o graffiti, o slam, a performance e o hip hop eram chamados de “alternativos”, “independentes” ou “marginais”, antes de serem contemplados em editais de cultura e salões de arte. A transposição do graffiti para o espaço da galeria, o lugar de fala na produção artística e a sanha classificatória que faz determinadas linguagens parecerem gêneros “apaziguados” são questionados nesta conversa sobre a frequência vibracional das ruas.

96'